HPLHCM Lisboa
Início > Notícias
leis do arrendamento e da reabilitação urbana
PL., Lusa, 27-04-2012

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa e a vereadora da habitação defenderam hoje inspeções técnicas regulares a imóveis “suportadas em sede de IMI”, assim como uma taxa liberatória mais favorável para os proprietários do que a aplicada aos rendimentos de capital.

.
MP, Lusa, 26-04-2012

O PS vai propor quatro alterações à nova lei do arrendamento do Governo, sendo uma delas que haja um período de transição de 15 anos das rendas antigas para o novo regime, anunciou hoje o deputado Mota Andrade.
Leia mais, clique no título

Helena Roseta sobre ocupação de edifício devoluto
SYP (MCL/JF/PM), Lusa, 26-04-2012

A vereadora da Habitação da Câmara de Lisboa opôs-se hoje à ocupação do edifício devoluto na Rua de São Lázaro, considerando que a solidariedade com a Es.Col.A da Fontinha “não pode a pisar os direitos dos outros”.
Leia mais, clique no título

.
26-04-2012

Uma decisão do Tribunal de Portalegre pode alterar a devolução das casas aos bancos, por falta de pagamento. De acordo com a edição de hoje do Diário de Notícias, a sentença, que já transitou em julgado, determinou a liquidação da dívida apenas com a devolução da casa à instituição bancária.
Leia mais, clique no título

.
O PLH em acção
11-04-2012

Foi hoje disponibilizado a todos os vereadores da CML o Relatório "O PLH em Acção", que constitui o Relatório da 3ª Fase do PLH (Concretizar) e faz o ponto do trabalho desenvolvido para dar corpo à nova política municipal de habitação consagrada na Proposta Estratégica do PLH durante os primeiros dois anos de implementação.

.
JH, Lusa, 11-04-2012

A Rede Social de Lisboa quer que os sem-abrigo deixem de comer nas ruas, propondo a criação de refeitórios para distribuição de alimentos, num plano que pretende que nenhuma pessoa fique mais de 24 horas sem alojamento.
Leia mais, clique no titulo e veja AQUI a Estratégia Integrada para as Pessoas Sem Abrigo em Lisboa

Queremos Mudar o Bairro
“É muito interessante ver as pessoas a organizarem-se e a fazerem parcerias. As instituições juntam-se e pedem para o bairro, o que não é muito comum em Portugal, onde geralmente cada um pede para si”, destacou Helena Roseta.
JH., Lusa, 05-04-2012

O programa de apoio a bairros e zonas de intervenção prioritárias (BIP/ZIP) de Lisboa para 2012 recebeu 106 candidaturas, orçadas em mais de 4,5 milhões de euros.
Leia mais, clique no titulo